Memória de Leon Tolstoi. Espetáculo Amor e Ódio em Sonata

Seria praticamente impossível descrever em uma página os símbolos e as dimensões antropológicas, sociais e artísticas presentes nos temas da peça “Amor e Ódio em Sonata”, que faz um recorte sobre a vida do escritor russo Leon Tolstoi. Por isso, esse espetáculo faz parte daqueles que começam no palco e continuam nos espaços da vida. Alias, essa é uma característica fundamental, que um dia deverá pesquisada para compreender os fios condutores das montagens do diretor Leonardo Talarico. A forma como Talarico constrói a inteireza do espetáculo oferece elementos teóricos e práticos para uma discussão consistente sobre a transição entre Modernidade e Pós-Modernidade, não apenas na arte e no teatro, mas sobretudo, nas outras ciências no que se refere à construção de uma teoria conhecimento condizente com as demandas do novo milênio. (mais…)

Continuar lendo Memória de Leon Tolstoi. Espetáculo Amor e Ódio em Sonata

Transitar é Preciso para Sustentabilidade Inteira

O contato com a natureza é uma das maiores riquezas para Sustentabilidade Inteira, o desenvolvimento solidário, pessoal, coletivo e ecológico. O paradigma da Modernidade, com o antropocentrismo de um lado e a força do capital e da produção do outro, logrou um “modus operandi” de relacionamento egoísta, que encarou o outro ser humano como competidor e a natureza como um lugar para ser explorado. O ser humano precisa, portanto, transitar. Mas como fazer? (mais…)

Continuar lendo Transitar é Preciso para Sustentabilidade Inteira

Estrutura Mental Destrutiva. Como Sair Dessa?

Do ponto de vista teológico, antropológico ou pela física quântica, é possível perceber a existência de uma dimensão obscura, negativa e caótica no Universo e em todo ser no planeta. Existe uma grande diferença entre o paradigma de interpretação da realidade dos séculos passados chamado de Modernidade e o paradigma da Pós-modernidade do século atual. Alguns autores podem ser consultados para esse aprofundamento, dentre eles, Fritjof Capra, Jean-Francois Lyotard e outros. Dimensão negativa pode ser uma das explicações para a presença de uma Estrutura Mental Destrutiva em algumas pessoas e líderes.

Olhando pela complexidade, essa dimensão negativa, que possui diferentes nomes dependendo da área cientifica, faz parte de uma complexidade que traz certa coerência, movimento, morte e vida na Terra. Ela está integrada numa área onde parece que o negativo é parte de um todo muito maior. (mais…)

Continuar lendo Estrutura Mental Destrutiva. Como Sair Dessa?

Por que muitos Coaches não conseguem trabalhar?

Há alguns meses, participei de um diálogo com profissionais e coaches que se formaram numa das mais conhecidas escolas de Coaching do país. A reclamação era que eles fizeram a formação, que tinha um custo alto, mas não conseguiam trabalhar como Coaches. Eles deram várias razões para o fato e até afirmaram que a busca por Coaching aumentou atualmente, porque muitas escolas prometem retorno financeiro rápido. Como a formação é rápida, une-se o útil ao agradável da conveniência, a saber, aqueles que não querem ou não podem investir num plano de carreira para um, dois ou três anos, e a escola que precisa vender o maior número de cursos por mês. (mais…)

Continuar lendo Por que muitos Coaches não conseguem trabalhar?

Século da Mudança nas Empresas

No século passado, foram criados órgãos preocupados com o desenvolvimento e sua qualidade das empresas. O tema da sustentabilidade ou do meio ambiente também ganhou força especial nesse período. O documento “Agenda 21”, criado por governos e instituições de quase 180 países na ONU, ECO 92, tem esse objetivo. A discussão passava pela qualidade do desenvolvimento, preservação do meio ambiente e implementação da justiça social. (mais…)

Continuar lendo Século da Mudança nas Empresas